Não solta da minha mão
“Em geral não me apaixono pelas coisas. Mas eu realmente amei você.”
1 week ago . 3,540 notes . compartilhe
Você nunca me amou. Nunca.
- Eu me chamo Antônio.  (via doistonsdeamor)
2 weeks ago . 34,592 notes . compartilhe
Ela disse: “Estou com tanto medo…” E eu perguntei: “Por quê?” Aí, ela respondeu: “Porque estou me sentindo profundamente feliz. E uma felicidade assim é assustadora.” Voltei a perguntar por quê, e ela prosseguiu: “Só permitem que alguém seja assim tão feliz se estão se preparando para lhe tirar algo”.
- O Caçador de Pipas.   (via primavetizar)
3 weeks ago . 5,616 notes . compartilhe
Se eu tenho medo de olhar para o céu? Não. Eu tenho medo de olhar para baixo, de um penhasco, de uma ponte, de um avião. Tenho medo de olhar para o fundo de um poço escuro, de um lago inerte, de uma escada íngreme. Tenho medo de olhar a escuridão, não o infinito, o horizonte e as estrelas. Porque o céu me vê quando eu espio a constelação daqui de baixo. O céu me olha de volta quando eu o olho, esperançosa. Da mesma forma como o precipício enxerga por dentro de mim quando olho para dentro dele. E existe coisa mais bonita do que ser notada pelo universo? E coisa mais temível do que ser vista por um penhasco fundo? Buscai as coisas do alto, olhai para o céu quando o peito pedir socorro e a voz não ecoar. Quando tudo parecer perdido, quando o chão for duro demais. Quando escurecer e o dia não vier, olhai o infinito, que ele olha para você.
- Rio-doce.  (via nevarias)
3 weeks ago . 73,476 notes . compartilhe
Foi você quando eu passei a ouvir as músicas da banda que te agradava. Foi você quando eu olhei para trás ao dizer o último adeus. Foi você quando fui dormir tarde da noite. Foi você quando nada parecia fazer sentido. E ainda é você.
- 500 days of Summer. (via inverbos)
3 weeks ago . 29,294 notes . compartilhe
Eu tenho amigos, muitos. Eu tenho uns parentes por aí também. Mas não tem jeito, eu sou ridiculamente sozinha nessa vida.
- Tati Bernardi.   (via verbaliza-da)
3 weeks ago . 35,047 notes . compartilhe
Quero você pra cuidar de mim. Deitar no seu abraço enquanto você fala as coisas baixinho no meu ouvido. E rir, porque nós nos divertimos muito juntos. E perceber o quanto é bom estar junto de alguém que te faz feliz.
- Clarice Lispector. (via inverbos)
N